O pastoreio extensivo é importante para a gestão da paisagem, controlo dos fogos e biodiversidade, mas sabia que também pode fazer bem a nossa saúde?

O projeto VAL + Alentejo pesquisou sobre a composição de ácidos gordos em ruminantes, conforme a composição da dieta.

A dieta fornecida aos ruminantes influência a composição em ácidos gordos da sua gordura.
→ Dietas ricas em pastagens resultam em maiores quantidades de CLA (isómeros conjugados do ácidos linoleico) e de ácidos gordos polinsaturados da série n-3 (ómega-3) na gordura de ruminantes.

https://issuu.com/alimentacao_animal/docs/aa_116/34

As pastagens promovem maior quantidade de ácidos gordos considerados benéficos à saúde humana na gordura de ruminantes. Bom para o planeta, bom para nossa saúde!

O Projeto “REBANHOS MAIS” é financiado pela Fundação “La Caixa” no âmbito do programa “PROMOVE REGIÕES FRONTEIRIÇAS”.

Rebanhos +

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.